quinta-feira, 21 de abril de 2011

Vivendo Sem Tabus: Adaptação

Estava eu conversando esses dias com um amigo meu sobre relacionamentos passados, tava pegando dicas com ele, sem que ele percebesse é claro, sobre comportamento masculino, e ele acabou me contando sobre uma ex que o deixou mega chateado. A menina não queria namorá-lo por que ele é magro e ela tem vergonha de andar com ele na rua, achava o casal estranho. Pode?

Claro que a conversa me deixou curiosa e eu fui saber mais sobre a garota, ele me disse que ela é novinha, 19 anos, e que nunca namorou serio, vive se escondendo e não gosta de sair na rua. Gente essa é a boa e velha história da aceitação. Quando nós, mulheres que sempre fomos gordinhas, saímos da adolescência, trazemos para a idade adulta muitos traumas, os bullying sofridos, os amores platônicos, e até uma cobrança surreal da família, que não enxerga você como uma mulher, mas sim ainda como uma criança gordinha que precisa emagrecer.

Acho que essa é a fase mais difícil da vida, e quando se escolhe entre de fato encarar uma dieta ou qualquer outro método para emagrecer e ser escrava disso para o resto da vida, ou abandonar o plano Gisele, e partir para a vida plus size. Eu decidi me aceitar, muitas de vocês também, mas infelizmente muitas meninas nessa fase ficam em cima do muro, e não deixam a vida andar. Elas perdem a chance de entender que se assumir não significa relaxar com a saúde e nem com a aparência, mas sim se adaptar aos limites e tirar proveito das capacidades extras. Gente, eu sei que é mega difícil, ainda mais em um país que ser gostosa é ser magra, e ser magra é sinal se sucesso, a vida de quem não se encaixa nesse padrão fica mesmo mais complicada, mas não é motivo para drama não, e sim um incentivo para provar a quem te cobra tanto, que você e capaz de ser mega feliz e realizada, mesmo indo contra a corrente. Gente, eu acho que esse é o sucesso que muita gente procura e que as plus size acharam mais rápido, nadar contra a corrente e achar a praia é delicioso, e esse e o melhor desafio a se fazer. Então mulherada, está na hora de levantar a cabeça, tomar fôlego e continuar nadando.
Te espero aqui na praia.

Por Camila Duarte (@lyradu)

6 comentários:

Paola disse...

Cada dia adoro mais os posts!
Realmente é muito dificil erguer a cabeça e seguir, mas acho que com jeitinho qualquer um consegue. Logo logo eu chego lá ;)

Camila Duarte disse...

Obrigada minha querida... estamos todos dispostos a ajudar quem quer ser ajudado. Força e como eu disse, te espero aqui na praia!

XANDA disse...

Olá Camila.. prazer em falar com você e o Blogfattitude... adorei sua visita volte sempre..
Desejo muito sucesso ao blog..viu.. consegui adicionar vcs..banner do blog...
Beijos e uma linda semana :))

Camila Duarte disse...

Obrigada pela visita, espero que os nossos textos tbm ajudem a vc e as suas leitoras,seu blog ta lindo. Boa semana pos feriadao pra vc. bjo

Marcio Alves disse...

A questão da aceitação sempre é dificil para quem viveu e ainda vive uma rotina de cobrança para você ser aquilo que DESEJAM, sem se preocuparem com o que VOCÊ deseja.
O momento da aceitação aparece quando a pessoa decide viver do jeito que mais prazer lhe traz. Você soube tocar no assunto com a delicadeza que ele merece.
Parabéns mais uma vez!

Camila Duarte disse...

lindo comentario.... brigada Marcio

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
  • Copyright © 2013 - Blog Fattitude